Capela, 91 - Centro, Capela - SE, 49700-000

contato@cicsmic.com.br

Segunda a Sexta 07:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00

HISTÓRIA

O Colégio Imaculada Conceição surgiu da necessidade da sociedade capelense respaldada pelos chefes políticos da época de possuir uma escola católica que pudesse educar as filhas das famílias da alta sociedade. Assim, por convite do Senhor Intendente, autoridade máxima da cidade, as Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, disseram SIM e aceitaram o desafio de educar. Após todo o trabalho de construção e recuperação do espaço no dia 2 de março de 1929, o Colégio foi inaugurado sob a proteção da Imaculada Conceição, de quem recebeu o nome. A partir do dia 6 de março do mesmo ano, começaram a chegar às primeiras alunas sendo duas externas e duas internas. As próprias Irmãs assumiram as funções de professoras. As Irmãs levavam uma vida simples seguida de uma vivência de fé intensa que era passado fervorosamente para as alunas de modo a desenvolver nelas valores cristãos firmes e precisos. Gradativamente o Colégio foi crescendo em números de alunas e na fé. No ano de 1999 o Imaculada adotou a pedagogia de projetos, trazendo para sala de aula, realidades vividas no cotidiano para, pela prática, tornar a aprendizagem mais significativa a participar adotando a relação de ajuda como parâmetro para fazer brotar o crescimento pessoal e coletivo de toda a comunidade educativa, onde o aluno e professor constroem o conhecimento.

Hoje o Colégio Imaculada Conceição é referência em todo o Estado por sua ação libertadora e transformadora junto à sociedade sergipana. E nossa história continuará sendo registrada através de nossa ação educativa por ser nosso desejo constante tornar o educando sujeito das suas ações, preparando para enfrentar os desafios trazidos pelo tempo, exercendo a sua cidadania com compromisso e liberdade.

O Colégio Imaculada Conceição, sendo uma escola católica, optou desde a sua fundação, na década de 20, por uma filosofia cristã. Trabalhando para a formação integral do ser humano, capaz de construir um mundo melhor, tendo como base de ação os princípios cristãos, do saber, da ética, do trabalho e do progresso. Para cumprir seus objetivos, os educadores do Colégio Imaculada Conceição reavaliaram suas práticas metodológicas e redefiniram suas ações pedagógicas.

Neste momento diante das mudanças na nova Lei de Educação Nacional e diante de um mundo em contínua transformação, muitas inquietações e reflexões sobre o que, quando, como e para que ensinar e aprender envolve a todos os educadores, pais e sociedade. Uma análise da situação mundial e brasileira nos mostra a realidade de um mundo global em um Brasil pluralista onde a disparidade e, ao mesmo tempo, a independência entre países e regiões tornam mais evidentes os desequilíbrios entre “excluídos” e “incluídos” gerando a violência, o egoísmo, a competitividade inescrupulosa.

Embasada na nova lei Federal nº. 11.114/2005 de 16/05/2005 e na lei nº. 11.274 de 06/02/2006, que dispõe sobre a matrícula obrigatória aos 06 anos no primeiro ano e a duração de nove anos para o ensino fundamental, em consonância com a lei de  Diretrizes e Bases da educação Nacional,  o  Colégio Imaculada Conceição segue no desafio de conciliar, progresso e respeito humano, num mundo que vive a globalização cultural e econômica, onde as pessoas experimentam o conflito de tornarem-se cidadãos do mundo, sem perder suas raízes étnico-culturais, é uma  tarefa árdua que cabe à escola exercer uma prática educativa planejada ao longo de vários anos na vida dos alunos.

Dessa forma a escola como espaço de construção da cidadania quer colocar em relevância as discussões e reflexões sobre os direitos humanos, o preconceito, a ética, a solidariedade, o coletivismo, e a justiça social.

O Colégio Imaculada Conceição acredita numa educação que busque uma prática intencionalizada que contribua para a construção de uma humanidade renovada.